Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Mortes por coronavírus no Brasil revistas na tentativa de reduzir o total de vítimas fatais

Ministério quer reduzir número de vítimas oficiais.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 8 de Junho de 2020 às 08:53
Coronavírus
Coronavírus FOTO: Reuters
O Ministério da Saúde brasileiro vai fazer uma nova contagem no número oficial de pessoas mortas pela Covid-19, para tentar reduzir o total de vítimas fatais oficialmente registadas desde o início da pandemia, a 26 de fevereiro.

Os novos gestores do ministério, que está sem ministro efetivo desde 15 de maio, quando Nelson Teich preferiu sair para não ter de cumprir a ordem de Bolsonaro de recomendar o uso em massa de cloroquina, avaliam que o número de mortes comunicado pelas secretarias regionais de Saúde dos 27 estados está a ser exagerado de propósito por motivos financeiros e políticos.

A informação foi confirmada pelo novo secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do órgão, Carlos Wizard. Trata-se de mais uma polémica nomeação. Wizard, um acérrimo apoiante de Jair Bolsonaro, é um empresário conhecido por ser proprietário de uma rede de escolas de inglês.

Para "obter recursos do governo central"
Carlos Wizard sustenta que as secretarias regionais estão a inflacionar os números para conseguirem mais recursos do governo central. Acrescenta que uma recontagem e análise das mortes informadas desde a chegada da doença ao Brasil vai reduzir o número oficial de mortes. Um valor que coloca o Brasil com o terceiro maior número de óbitos, só atrás dos EUA e do Reino Unido.

PORMENORES
Quarentena forçada
Pelo menos 16 mil alunos e professores foram colocados em quarentena e cerca de 100 escolas já fecharam em Israel, depois de terem sido detetados 360 novos casos de infeção com o regresso às aulas.

Vírus detetado em águas
Desde o dia 15 de janeiro que as águas residuais de Barcelona já apresentavam vestígios do novo coronavírus, no entanto o primeiro caso de infeção só foi declarado a 25 de fevereiro.

Isolamento prolongado
A Grécia prolongou o confinamento obrigatório imposto desde 21 de março nos campos de migrantes por mais duas semanas, de modo a conter a propagação do vírus.

Casos em Moçambique
Moçambique registou 15 novos casos de infeção e 11 foram contabilizados na província de Nampula, declarada o primeiro ponto no país com transmissão comunitária. Os restantes foram registados em Maputo.
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)