Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Mulher recebe propostas de sexo após namorado divulgar vídeos íntimos na Internet

Sharon Thompson foi filmada secretamente nua, mesmo enquanto estava grávida.
Correio da Manhã 22 de Fevereiro de 2020 às 10:50
Quanto tempo sem sexo é muito tempo?
Sexo
Quanto tempo sem sexo é muito tempo?
Sexo
Quanto tempo sem sexo é muito tempo?
Sexo

Sharon Thompson, de 40 anos, estranhou quando começou a receber em casa centenas de estranhos que pretendiam ter sexo com ela.

A mulher descobriu depois que o namorado a filmou secretamente nua e colocou de seguida as imagens em sites pornográficos.

Darren Rowe, de 49 anos, que usava o nome da namorada e trocava mensagens por telemóvel com homens há mais de um ano, colocou câmaras escondidas na casa, mesmo enquanto a mulher se encontrava grávida.

Rowe acabou por ser preso depois das autoridades terem rastreado os endereços IP dos anúncios de sites de sexo numa casa onde o homem estava a realizar trabalhos de construção.

Em entrevista à publicação Mirror, Sharon afirma que Darren é um predador sexual. "Pensei que estava num relacionamento amoroso, mas na verdade estava a viver com um pervertido. A única certeza que tenho é que Darren é um predador sexual que deveria estar atrás das grades", confessa.

Em março de 2017, quando Sharon estava grávida de oito meses, um estranho bateu à sua porta, mas rapidamente saiu assim que se apercebeu da presença do bebé.

Três semanas depois, mais de uma dúzia de homens apareceram em casa da mulher, deixando-a aterrorizada: "No espaço de 10 horas, 12 homens bateram-me à porta."

Ao 13.º homem, Thompson decidiu perguntar o porquê de lhe estarem sempre a bater à porta. "O homem disse que vinha ter sexo comigo porque eu lhe tinha dado o meu nome e a morada num site de sexo", conta. "Congelei. Não fazia ideia do que estava a falar. Liguei imediatamente para a polícia."

Nos seis meses seguintes, Sharon recebeu centenas de mensagens de estranhos na rede social Facebook, todas com a mesma finalidade. "Centenas de homens continuaram a aparecer em nossa casa", confessou.

Em novembro de 2017, as autoridades descobriram o autor dos anúncios.

Sharon relata que um dos oficiais olhou para o namorado e reconheceu-o. "Olhei para Darren e ele não disse nada. Fiquei de coração partido e caí no chão a chorar histericamente. Só queria vomitar", relatou a mulher.

O homem acabou por ser preso mas, em resposta à sentença de Rowe no tribunal de Wolverhampton, Sharon mostrou-se chocada: "Fiquei horrorizada quando descobri que ele não estava preso." 

O arguido, de Birmingham, foi condenado a dois anos de pena suspensa em outubro de 2019 por divulgar as fotografias e filmes sexuais privados.

A vítima confessou que um dia vai contar à filha a história que envolve o pai: "Um dia a minha filha vai ter de saber o que é que o próprio pai fez."

Sharon Thompson Darren Rowe questões sociais crime lei e justiça crime pornografia prisão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)