Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

"Não há e talvez nunca haja": OMS admite possibilidade de não haver cura para o coronavírus

Pandemia de covid-19 já provocou mais de 685 mil mortos e infetou mais de 18 milhões de pessoas.
Lusa 3 de Agosto de 2020 às 12:50
Tedros Adhanom Ghebreyesus
Tedros Adhanom Ghebreyesus FOTO: REUTERS/Denis Balibouse
A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou hoje que talvez nunca venha a existir "uma panaceia" contra a pandemia de covid-19, apesar das investigações em curso que procuram conseguir uma vacina contra a doença. 

"Não há nenhuma 'panaceia' e talvez não exista nunca" declarou hoje o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, numa conferência de imprensa, através da internet.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 685 mil mortos e infetou mais de 18 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
OMS Organização Mundial da Saúde saúde
Ver comentários