Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Navio porta-aviões norte-americano com 93 membros da tripulação infetados com coronavírus

Marinha dos EUA deverá retirar da embarcação cerca de 2700 marinheiros nos próximos dias.
Correio da Manhã 1 de Abril de 2020 às 21:01
Theodore Roosevelt
Theodore Roosevelt
Theodore Roosevelt
Theodore Roosevelt
Theodore Roosevelt
Theodore Roosevelt
Theodore Roosevelt
Theodore Roosevelt
Theodore Roosevelt
Theodore Roosevelt
Theodore Roosevelt
Theodore Roosevelt
O navio porta-aviões USS Theodore Roosevelt está a viver uma situação dramática após o comandante do mesmo ter relatado que não tem condições de isolar todos os membros da tripulação que estão com sintomas de coronavírus 

De acordo com o secretário interino da Marinha norte-americana, Thomas Modly, são já 93 casos positivos de coronavírus no porta-aviões que possuia 5 mil pessoas no interior.

Os testes aos restantes elementos vão continuar a ser feitos em Guam, um território insular dos EUA na Micronésia. Até agora, 500 chegaram negativos, segundo o site da ABC News. 

Cerca de 1000 tripulantes já foram retirados e aproximadamente 2700 sairão do navio nos próximos dias garantiu o secretário interino.

Não há, para já, indicação da retirada de todos os tripulantes uma vez que é preciso manter a operação do reator nuclear e garantir a segurança das armas a bordo.

O porta-aviões USS Theodore Roosevelt é um navio de guerra cujo papel principal é servir de base aérea móvel. Tem como principal função permitir que a força naval norte-americana possa projetar o seu poder aéreo a grandes distâncias sem recorrer a aeroportos. 
Theodore Roosevelt USS política acidentes e desastres acidentes de transporte defesa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)