Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Netanyahu garante maioria parlamentar em Israel

Resultados finais revelam que o primeiro-ministro tem uma base de apoio parlamentar de 65 deputados num hemiciclo de 120 lugares.
F.J.G. 11 de Abril de 2019 às 08:35
Netanyahu
Benjamin Netanyahu
Benjamin Netanyahu
Netanyahu
Benjamin Netanyahu
Benjamin Netanyahu
Netanyahu
Benjamin Netanyahu
Benjamin Netanyahu
O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, garantiu um inédito quinto mandato. Quando estavam escrutinados 97% dos votos, o Likud, partido de Netanyahu, tinha garantido uma confortável maioria de direita, com 65 dos 120 assentos no Knesset, parlamento de Israel.

O primeiro-ministro deverá, por isso, ter via aberta para renovar a coligação de governo. O Likud elegeu 35 deputados, os mesmos dos rivais centristas do recém-criado Azul e Branco, do general Benny Gantz. Contudo, os partidos religiosos judaicos de direita e extrema-direita garantem ao PM um apoio sólido. "Esta é uma vitória colossal", afirmou Netanyahu na madrugada de terça-feira.

Apesar de tudo, Gantz não se dá por vencido. "Os céus podem parecer cinzentos mas não podem esconder o sol da esperança que trouxemos a Israel", afirma o general em carta aberta aos apoiantes, na qual mostra acreditar numa reviravolta.

Não sendo impossível, uma viragem parece algo improvável. Na próxima semana o presidente israelita, Reuven Rivlin, inicia contactos com os líderes partidários para decidir quem encarrega de formar governo, sendo de esperar que aponte Netanyahu.

A única esperança de Gantz são os casos de corrupção em que o PM está envolvido e que podem levar a processos. Se isso acontecer, Netanyahu pode ser demitido.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)