Nissan admite que falsificou dados de emissões de gases dos seus carros

Novo escândalo semelhante ao da Volkswagen já está a fazer a companhia nipónica afundar-se na bolsa.
09.07.18

A Nissan admitiu esta segunda-feira que os dados sobre as emissões de gases dos veículo dos seus veículos foram falsificados em praticamente todas as fábricas do país. 

A companhia, não revela, no entanto, quantos carros foram afetados por estas falsificações, que são revelados na sequência de várias notícias que, desde há vários meses, dão conta da existência de fraudes no controlo de emissões poluentes de vários fabricantes japoneses.

A revelação teve efeitos imediatos na bolsa de Tóquio, com as ações a caírem 5% na manhã desta segunda-feira, noticia a Reuters.

Teme-se que a companhia japonesa mergulhe num escândalo semelhante ao da Volkswagen, que teve de pagar milhares de milhões de euros em multas, quando se descobriu que o construtor alemão usava um software para enganar as máquinas de teste e assim vender carros muito mais poluentes do que o anunciado.



pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!