Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

OMS inquieta com casos de coronavírus fora da China sem ligação clara quanto a contágio

Novo vírus detetado no final de dezembro na China já infetou mais de 76 mil pessoas.
Lusa 21 de Fevereiro de 2020 às 16:42
Tedros Adhanom Ghebreyesus
Tedros Adhanom Ghebreyesus
Tedros Adhanom Ghebreyesus
Tedros Adhanom Ghebreyesus
Tedros Adhanom Ghebreyesus
Tedros Adhanom Ghebreyesus
O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde manifestou esta sexta-feira inquietação perante infeções pelo novo coronavírus registados fora da China e sem uma "ligação epidemiológica clara", anunciando que uma equipa internacional de peritos vai no sábado a Wuhan.

"O número total de casos fora da China mantém-se relativamente baixo, mas estamos preocupados com o número de casos sem ligação epidemiológica clara, como sejam antecedentes de viagens [a zonas afetadas] ou contactos com casos confirmados", disse em conferência de imprensa Tedros Adhanom Ghebreyesus, em Genebra.

Uma equipa internacional de peritos dirigida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) irá no sábado para Wuhan, cidade chinesa que é o epicentro da infeção pelo novo coronavírus - Covid-19.

A missão da OMS na China visitou Pequim, Sichuan e Guangdond e irá no sábado a Wuhan para continuar o trabalho de investigação sobre a epidemia.

O novo coronavírus detetado no final de dezembro na China já infetou mais de 76 mil pessoas e provocou a morte a pelo menos 2.247. Há 45 casos de infeção registados em países europeus, mas Portugal ainda não teve nenhum caso confirmado.

Permanece desconhecida a origem exata do surto e os cientistas e investigadores estão também a trabalhar na criação de uma vacina e de medicamentos específicos para a nova doença, que pode causar pneumonia.

OMS Wuhan China Organização Mundial de Saúde saúde questões sociais epidemias e pragas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)