Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

ONU dá razão a Israel

A missão das Nações Unidas no Líbano (UNIFIL) confirmou ontem que as tropas israelitas estavam do seu lado da fronteira quando foram alvejadas por militares libaneses, na terça-feira, confirmando assim a versão do governo de Telavive.
5 de Agosto de 2010 às 00:30
Incidente foi causado por árvore
Incidente foi causado por árvore FOTO: Karamallah Daher/Reuters

A troca de tiros, que causou quatro mortos (dois soldados e um jornalista libaneses e um militar israelita), ocorreu quando militares israelitas usaram uma grua para cortar ramos de uma árvore situada junto à vedação da ‘linha azul’ que separa os dois países, que estavam a fazer disparar os alarmes anti-intrusão. "A UNIFIL determinou que as árvores se encontravam a sul da ‘linha azul’, do lado israelita", afirmou a missão da ONU.

"Isto prova que o ataque libanês contra as nossas tropas foi injustificado e não provocado", afirmou já um porta-voz do governo israelita.

Ontem, os militares israelitas voltaram ao local para cortar os restos da árvore, desta vez sem incidentes.

Ver comentários