Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Os nomes e as histórias que provam que o coronavírus também está a matar jovens

Adolescentes e crianças já morreram vítimas da Covid-19 na Europa. Alguns deles não apresentavam qualquer outra patologia.
Correio da Manhã 1 de Abril de 2020 às 09:02
Jullie Alliot, 16 anos - França
Francisco Garcia, 21 anos - Espanha
Luca Di Nicola, 19 anos - Reino Unido
Jullie Alliot, 16 anos - França
Francisco Garcia, 21 anos - Espanha
Luca Di Nicola, 19 anos - Reino Unido
Jullie Alliot, 16 anos - França
Francisco Garcia, 21 anos - Espanha
Luca Di Nicola, 19 anos - Reino Unido
O Mundo continua a ser devastado pela pandemia de coronavírus, milhares de pessoas estão a morrer e, ao contráro do que parecia ser a tendência inicial, a Covid-19 também está a ser fatal para vários jovens.

Na Europa e no Mundo há já vários casos de jovens, alguns deles sem outras complicações de saúde, que morreram vítimas do coronavírus.

Em Portugal, também um jovem de 14 anos infetado com coronavírus acabou por morrer, mas, sabe o CM, que a causa da morte terá sido meningite. Mas existem outros casos que provam que o vírus tem sido fatal para outros jovens.

Nome desconhecido, 12 anos - Bélgica
Uma jovem de 12 anos morreu na passada segunda-feira na Bélgica infetada com coronavírus, tornou-se na mais jovem vítima da Covid-19 na Europa.

A condição de saúde da jovem deteriorou-se após três dias de febre e acabou por perder a luta contra o coronavírus. Na Bélgica, 93% das pessoas que morreram de Covid-19 tinham mais de 65 anos.

Ismail Mohamed Abdulwahab, 13 anos - Reino Unido
O jovem estudante israelita Ismail Abdulwahab morava no sul de Londres, em Brixton e morreu infetado com coronavírus sem que tivesse outras doenças associadas.

Ismail, de 13 anos, entrou em coma induzido depois de ser internado ao apresentar dificuldades em respirar.

Jullie Alliot, 16 anos - França
Jullie Alliot, uma estudante francesa de apenas 16 anos, que não tinha qualquer outra condição de saúde que pudesse agravar a infeção por coronavírus, morreu na passada quarta-feira em Paris, depois de ter começado com uma tosse leve.

Os pulmões de Jullie falharam e, apesar de todos os esforços médicos, a jovem francesa acabou por não resistir.

Nome desconhecido, 18 anos - Reino Unido
Um jovem de 18 anos morreu no hospital de Coventry, no Reino Unido. O rapaz tinha outras complicações de saúde e morreu após testar positivo para a Covid-19.

O rapaz de 18 anos estava a receber tratamento para outras doenças mas acabou por ser infetado com coronavírus, o que se veio a revelar fatal.

Luca Di Nicola, 19 anos - Reino Unido
Luca Di Nicola, um jovem italiano de 19 anos que residia no norte de Londres e que trabalhava num restaurante italiano com a mãe, morreu vítima de coronavírus apesar de não ter outros problemas de saúde identificados.

A condição de saúde de Luca deteriorou-se quando entrou em colapso ao queixar-se de dores no peito. Apesar de ter sido reanimado por paramédicos, os pulmões acabariam por falhar e o jovem não resistiu.

Francisco Garcia, 21 anos - Espanha
O jovem Francisco Garcia, de 21 anos, foi diagnosticado com coronavírus quase na mesma altura em que lhe tinha sido informado que lutava contra a leucemia.

Francisco Garcia foi internado como um caso suspeito depois de ter reportado problemas de respiração. Os testes confirmaram que estava infetado por coronavírus e pneumonia, mas o jovem já lutava contra a leucemia.

Terá sido a luta contra o cancro a agravar a condição de Francisco Garcia levando à sua morte.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)