Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Padre católico cativo do Daesh libertado em Marawi

Sacerdote foi resgatado pelo exército filipino.
18 de Setembro de 2017 às 09:27
O padre Teresito Suganob
O padre Teresito Suganob
O padre Teresito Suganob
O padre Teresito Suganob
O padre Teresito Suganob
O padre Teresito Suganob
O padre Teresito Suganob
O padre Teresito Suganob
O padre Teresito Suganob
O padre Teresito Suganob
O padre Teresito Suganob
O padre Teresito Suganob
O padre Teresito Suganob
O padre Teresito Suganob
O padre Teresito Suganob
O padre Teresito Suganob
O padre Teresito Suganob
O padre Teresito Suganob
Um padre católico mantido em cativeiro no sul das Filipinas pelo grupo extremista Daesh, que ocupa parcialmente a cidade de Marawi, foi libertado no sábado, disse esta segunda-feira o governo de Manila.

O padre Teresito Suganob esteve hoje presente numa conferência de imprensa no quartel-general do Exército das Filipinas, em Manila.

Segundo o ministro da Defesa, Delfin Lorenza, o sacerdote católico foi libertado no sábado depois de as forças governamentais terem neutralizado um posto de comando do grupo Daesh, instalado numa mesquita de Marawi.

O conflito no sul do país prolonga-se há quatro meses.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)