Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Pais que recusem mandar filhos à escola arriscam pagar multas até 135 euros

Crianças regressaram às aulas após quase seis meses de paragem no Reino Unido.
Correio da Manhã 2 de Setembro de 2020 às 08:10
Preparar a primeira vez: visitar o infantário/escola com a criança antes das aulas, para a adaptação ser melhor e evitar birras no primeiro dia
Preparar a primeira vez: visitar o infantário/escola com a criança antes das aulas, para a adaptação ser melhor e evitar birras no primeiro dia FOTO: Getty Images

Os pais que se recusarem a que os filhos vão à escola podem ser obrigados a pagar multas de 120 libras (aproximadamente 135 euros), no Reino Unido. As aulas começaram esta terça-feira, 1 de setembro, após quase seis meses de paragem.

Em entrevista ao jornal britânico The Sun, o ministro da educação britânico, Nick Gibb, referiu que esta será, no entanto, uma medida de "último recurso".

"As multas são uma ferramenta para garantir que os jovens frequentam a escola", explicou Gibbs ao canal de televisão irlandês Sky News.

O ministro alertou ainda para o risco para a saúde mental das crianças caso não regressem à escola, referindo até que seria "bastante prejudicial".

"O que os médicos-chefes estão a dizer é que é melhor as crianças estarem na escola, até porque o risco de contrair o vírus no ambiente escolar é muito baixo", referiu Gibbs ao mesmo canal televisivo.

Segundo dados da empresa de pesquisa de mercado britânica YouGov, quatro em cada cinco pais pretendem mandar os filhos para a escola.

O diretor médico do Reino Unido avisou que a reabertura total das escolas poderia fazer com que a taxa de transmissão seja de 1 (ou seja, uma pessoa infetaria, em média, outra pessoa) e potenciar uma eventual segunda onda.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Reino Unido Nick Gibb educação regresso às aulas coronavírus pais multas
Ver comentários