Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Pelo menos 184 pessoas detidas durante noite de violência nos Países Baixos

Recolher obrigatório imposto no país este fim de semana levaram a motins e confrontos entre manifestantes e a polícia.
Lusa 26 de Janeiro de 2021 às 07:17
Países Baixos voltam a viver noite de violência após protestos contra recolher obrigatório
Motins e confrontos entre manifestantes a polícia nos Países Baixos
Países Baixos voltam a viver noite de violência após protestos contra recolher obrigatório
Motins e confrontos entre manifestantes a polícia nos Países Baixos
Países Baixos voltam a viver noite de violência após protestos contra recolher obrigatório
Motins e confrontos entre manifestantes a polícia nos Países Baixos
Os Países Baixos sofreram um segundo surto de violência durante a noite de segunda-feira e madrugada desta terça-feira, organizado por opositores ao recolher obrigatório, determinado para diminuir o risco de contágio com o novo coronavírus.

A polícia holandesa deteve pelo menos 184 pessoas em várias cidades holandesas, onde vários grupos de rebeldes atearam fogo, atiraram pedras e saquearam lojas. 

Dez polícias ficaram feridos na cidade portuária de Rotterdam, onde 60 manifestantes foram detidos durante a noite, avançou a agência de notícias holandesa ANP.

O recolher obrigatório imposto no país este fim de semana, pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial, levou a motins, confrontos entre manifestantes e a polícia, bem como vandalismo contra empresas em Amesterdão, Roterdão e Haia, mas também noutras grandes cidades como Amersfoort, Geleen, Den Bosch e Haarlem.

A Holanda regista desde o início da pandemia 13579 mortos e 952950 infetados com Covid-19.



Ver comentários