Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

“Pedofilia não mata ninguém, ao contrário do aborto”: padre faz declaração polémica

Pároco envolvido em polémica após sugerir que abortar é pior do que abusar sexualmente de crianças.
Correio da Manhã 12 de Fevereiro de 2020 às 12:30
Igreja
Igreja FOTO: Getty Images

Richard Bucci, de 72 anos, está envolvido numa polémica após sugerir que abortar é pior do que abusar sexualmente de uma criança, de acordo com o The Guardian.

O padre de Rhode Island, nos EUA, proibiu dezenas de personalidades de comungarem na sua igreja, algumas delas que se mostraram a favor da Lei da Privacidade Reprodutiva, relativa à decisão da mulher poder escolher abortar ou não.

Através de uma carta, o padre avança que, de acordo com os ensinamentos da Igreja católica, as pessoas que pensem dessa forma não podem comungar.

A mesma missiva avançada que também não é permitido que as mesmas pessoas sejam padrinhos/madrinhas, testemunhas de casamento ou que tenham um papel ativo na Igreja.

"Não estamos a falar de nenhuma outra questão moral, onde alguns podem fazer uma comparação entre pedofilia e aborto", disse o Rev. Richard Bucci à televisão local WJAR . 

"A pedofilia não mata ninguém, ao contrário do aborto", afirmou.


Igreja sexo sexualidade aborto religião questões sociais abusos sexuais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)