Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Pentágono vai investigar origem de Óvnis que sobrevoaram os EUA

Desde 2004 foram avistados mais de 140 objetos voadores não identificados.
17 de Maio de 2022 às 22:06
Objeto voador não identificado captado por um jato da Marinha dos EUA
Objeto voador não identificado captado por um jato da Marinha dos EUA FOTO: Youtube
As Forças Armadas dos Estados Unidos vão investigar a origem de mais de 140 óvnis que sobrevoaram o país desde 2004. Para o Pentágono, estes óvnis representam uma possível implicação para a segurança nacional e da aviação norte-americana.

Ronald Moultrie, subsecretário de Defesa dos EUA para inteligência e segurança, disse ao Congresso americano que os chamados os fenómenos aéreos não identificados representam "potenciais riscos" para a segurança do país.

"Sabemos que os nossos militares encontraram fenómenos aéreos não identificados e, como representam potenciais riscos de segurança, estamos comprometidos em determinar as suas origens", disse Moultrie durante a primeira audiência pública sobre Óvnis no Congresso dos últimos 50 anos.

Um relatório, divulgado durante o ano passado, informava que desde 2004 já foram avistados nos céus norte-americanos mais de 140 objetos voadores não identificados. A Defesa americana teme que estes objetivos pertençam a países rivais das forças militares dos EUA, como é o caso da China ou Rússia. 

As autoridades explicam que existem cinco possíveis justificações para o aparecimento destes objetos no espaço aéreo norte-americano. Assim sendo, os óvnis podem ser objetivos dispersos no ar, fenómenos atmosféricos naturais, tecnologias em desenvolvimento, sistemas estrangeiros adversários ou outros, uma vez que podem ser necessárias novas tecnologias para explicar a sua aparição. 




Ver comentários
}