Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

PGR de Angola diz que Isabel dos Santos nunca mostrou vontade em colaborar com autoridades

Hélder Pitta Grós anunciou que filha do ex-Presidente angolano foi constituída arguida.
Lusa 22 de Janeiro de 2020 às 19:28
Isabel dos Santos
Isabel dos Santos FOTO: Reuters
O procurador-geral da República (PGR) de Angola disse esta quarta-feira em Luanda que a empresária Isabel dos Santos nunca mostrou, de forma direta, interesse em colaborar com as autoridades angolanas.

Hélder Pitta Grós, que falou a órgãos de comunicação social angolanos e anunciou que a filha do ex-Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, foi constituída arguida por alegada má gestão e desvio de fundos na petrolífera Sonangol, afirmou que houve indícios de colaboração com a justiça, "mas não passaram disso".

"Na prática nada aconteceu, por isso não podemos confirmar que ela esteja disposta ou não a negociar, o quê, em que termos, era necessário que fosse mais explicita caso seja a sua vontade", referiu.

PGR Angola Luanda Isabel dos Santos crime lei e justiça política crime económico
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)