Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Polícia em Hong Kong dispara gás lacrimogéneo sobre centenas de manifestantes. Veja as imagens

Multidões de manifestantes vestidos de preto reuniram-se no distrito comercial de Causeway Bay.
Lusa 24 de Maio de 2020 às 09:35
Polícia dispara gás lacrimogéneo contra manifestantes anti-Governo em Hong Kong
Polícia dispara gás lacrimogéneo contra manifestantes anti-Governo em Hong Kong
Polícia dispara gás lacrimogéneo contra manifestantes anti-Governo em Hong Kong
Polícia dispara gás lacrimogéneo contra manifestantes anti-Governo em Hong Kong
Polícia dispara gás lacrimogéneo contra manifestantes anti-Governo em Hong Kong
Polícia dispara gás lacrimogéneo contra manifestantes anti-Governo em Hong Kong
Polícia dispara gás lacrimogéneo contra manifestantes anti-Governo em Hong Kong
Polícia dispara gás lacrimogéneo contra manifestantes anti-Governo em Hong Kong
Polícia dispara gás lacrimogéneo contra manifestantes anti-Governo em Hong Kong
Polícia dispara gás lacrimogéneo contra manifestantes anti-Governo em Hong Kong
Polícia dispara gás lacrimogéneo contra manifestantes anti-Governo em Hong Kong
Polícia dispara gás lacrimogéneo contra manifestantes anti-Governo em Hong Kong
Polícia dispara gás lacrimogéneo contra manifestantes anti-Governo em Hong Kong
Polícia dispara gás lacrimogéneo contra manifestantes anti-Governo em Hong Kong
Polícia dispara gás lacrimogéneo contra manifestantes anti-Governo em Hong Kong
Polícia dispara gás lacrimogéneo contra manifestantes anti-Governo em Hong Kong
Polícia dispara gás lacrimogéneo contra manifestantes anti-Governo em Hong Kong
Polícia dispara gás lacrimogéneo contra manifestantes anti-Governo em Hong Kong
A polícia de Hong Kong usou este domingo gás lacrimogéneo para dispersar centenas de manifestantes que contestavam o plano de Pequim de impor uma lei de "segurança nacional" à cidade.

Os defensores da democracia em Hong Kong criticaram a proposta da China, apresentada na sexta-feira, de promulgar uma lei de segurança nacional para proibir a "atividade separatista e subversiva", bem como a interferência estrangeira e o terrorismo no território, justificando que vai contra a estrutura de "um país, dois sistemas". 

Este domingo, multidões de manifestantes vestidos de preto reuniram-se no distrito comercial de Causeway Bay, na ilha de Hong Kong, para protestar contra a legislação proposta, gritando "Libertem Hong Kong" e "Revolução dos nossos tempos".

Hong Kong Pequim política distúrbios guerras e conflitos manifestação liberdade religiosa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)