Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Polícia fez sexo com jovem desaparecida que era procurada pelos colegas de esquadra

Jovem foi incentivada a esconder a sua identidade e a não falar sobre o caso com o agente.
Correio da Manhã 20 de Janeiro de 2020 às 11:07
Polícia do Reino Unido
Polícia do Reino Unido FOTO: Matthew Horwood/Getty Images
Um polícia fez sexo com uma jovem de 17 anos que estava dada como desaparecida e que era procurada pelas autoridades. 

PC Andrew Brooks, de 30 anos, foi considerado culpado por "má conduta grave". Conheceu a jovem no centro da cidade de Maidstone, no Reino Unido, em março de 2018, e convidou-a para ir até sua casa.

O polícia era casado mas nesse fim de semana a mulher estava em viagem. Foi nesse dia que a jovem revelou que tinha apenas 17 anos mas Brooks não ficou incomodado e continuou a enviar mensagens de cariz sexual à jovem e a envolver-se com ela. 

Em junho de 2019, Andrew abandonou a polícia e continuou a incentivar a jovem a manter segredo sobre os encontros sexuais e sobre a sua verdadeira identidade. 

Foi agora ouvido em tribunal onde foi acusado de falta de "honestidade e integridade", entre outras coisas.
polícia desaparecida jovem esquadra procurada autoridades
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)