Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Polícia inglesa força adiamento de relatório sobre escândalo das festas

Scotland Yard confirma pedido a Sue Gray para retirar do relatório final a referência a festas que a própria polícia está a investigar.
Francisco J. Gonçalves 29 de Janeiro de 2022 às 09:23
Aniversário de Johnson foi uma das festas que violaram confinamento
Aniversário de Johnson foi uma das festas que violaram confinamento FOTO: CARL RECINE/Reuters
A intervenção da Polícia Metropolitana pode ter comprometido a divulgação das conclusões do inquérito de Sue Gray às festas do governo britânico em períodos de confinamento por causa da Covid. As dúvidas escalaram esta sexta-feira depois de a polícia admitir ter pedido à funcionária para retirar do relatório pormenores relativos a algumas das 15 festas, por estarem a ser alvo de inquérito policial.

A polícia frisou que não pediu o adiamento do relatório, que Gray deveria ter entregado esta semana, mas o certo é que o pedido da polícia terá forçado a reelaboração do texto para não condicionar a polícia.

Crescem, por isso, pressões para que o documento seja divulgado na íntegra de imediato. Os Liberais Democratas e os nacionalistas escoceses do SNP alegam que o atraso da divulgação é uma manobra para manter o PM, Boris Johnson, no poder. Em causa está o facto de muitos deputados aguardarem as conclusões da investigação para só então decidir se apoiam uma moção de censura contra Johnson. A comissária da Polícia Metropolitana, Cressida Dick, confirmou na terça-feira a abertura de investigação policial devido a indícios de violação da lei.

Polícia Metropolitana Boris Johnson Sue Gray Covid política crime lei e justiça polícia
Ver comentários