Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Polónia reabre cafés e restaurantes apesar de recorde nos contágios por coronavírus

Mateusz Morawiecki advertiu para a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção e do respeito pelo distanciamento social a partir do mesmo dia.
Lusa 13 de Maio de 2020 às 18:00
Café
Café FOTO: Getty Images
A Polónia vai reabrir dia 18 salões de beleza, cafés e restaurantes e autorizou o regresso às aulas para o mesmo dia, apesar de uma alto recorde nos casos de contágio com covid-19, indicou hoje o primeiro-ministro polaco.

Mateusz Morawiecki advertiu, porém, para a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção e do respeito pelo distanciamento social a partir do mesmo dia.

A Polónia, Estado-membro da União Europeia (UE), com cerca de 28 milhões de habitantes e onde os testes ao novo coronavírus têm sido limitados, viu segunda-feira e hoje aumentar ligeiramente o número de novos contágios de covid-19, depois de ter levantado, há 10 dias, algumas das restrições que impôs para travar a propagação da doença.

Nas últimas 24 horas, a Polónia contabilizou mesmo um recorde de contágios, com 595 casos confirmados, segundo as estatísticas oficiais do Ministério da Saúde. 

No total, desde o início da pandemia, a Polónia registou mais de 17.000 casos de infeção, que provocaram a morte a 847 doentes.

Na semana passada, Varsóvia permitiu a reabertura de hotéis, centros comerciais e jardins-de-infância, depois de ter adiado à última hora as eleições presidenciais, previstas para 10 deste mês.

O adiamento deveu-se ao facto de, por causa da pandemia, a votação ter de ser efetuada, de forma inédita, por correspondência, que a tornou um caos legal e técnico.

A Polónia, uma das economias mais dinâmicas da UE antes de ser atingida pela pandemia, deverá ver reduzido o Produto interno Bruto (PIB) em 3,4% este ano, segundo indica uma projeção revista do Governo, contrastando com o aumento de 3,7% que estava previsto.

O Governo e os partidos da oposição polacos continuam num impasse quanto à forma de realizar as presidenciais: se por voto presencial se por correspondência.

O partido conservador nacionalista Direito e Justiça (PiS, no poder) pretende que a votação ocorra ou a 28 de junho ou no início de julho, antes do fim do mandato de cinco anos do Presidente cessante, aliado do PiS, Andrzej Duda, a 06 de agosto.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 292 mil mortos e infetou mais de 4,2 milhões de pessoas em 195 países e territórios. 

Mais de 1,4 milhões de doentes foram considerados curados.

Ver comentários