Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Português de 37 anos detido no Brasil por crimes de fraude na Bélgica

Após o cumprimento do mandado de prisão preventiva, o homem português foi encaminhado ao 4.º Distrito Policial em Londrina, no Paraná.
Lusa 1 de Março de 2021 às 19:57
Polícia Federal brasileira
Polícia Federal brasileira FOTO: Getty Images
Um cidadão português, processado na Bélgica por vários crimes de fraude, foi detido no município brasileiro de Jataizinho, no estado do Paraná, após um mandado de prisão expedido pelo Supremo Tribunal Federal, adiantaram esta segunda-feira à Lusa fontes policiais.

Em declarações à agência Lusa, o delegado da Polícia Federal (PF) brasileira Kandy Takahashi indicou que a detenção preventiva do português, de 37 anos, cuja identidade não foi revelada, ocorreu no domingo e faz parte de um processo de extradição pedido pela justiça belga.

"De acordo com o pedido judicial, o alvo do mandado foi processado pelas autoridades da Bélgica pela prática dos crimes de fraude, falsificação de documentos e fraude na internet", indicou a PF.

As autoridades frisaram ainda não haver informações de que o investigado tenha praticado crimes da mesma natureza no Brasil.

Após o cumprimento do mandado de prisão preventiva, o homem português foi encaminhado ao 4.º Distrito Policial em Londrina, no Paraná.

O delegado Kandy Takahashi explicou que o português cooperou com as autoridades e que agora tramitará o seu processo de extradição para a Bélgica.

"O Ministério das Relações Exteriores da Bélgica irá instruir o processo de extradição, apresentar os factos que o cidadão praticou em território belga, e isso irá servir para os juízes decidirem se é caso, ou não, de extraditarem o português", concluiu Takahashi.

Brasil Bélgica Supremo Tribunal Federal Paraná Kandy Takahashi crime lei e justiça investigação prisão
Ver comentários