Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

PP renova maioria na Galiza e PNV reforça poder no País Basco

Alberto Nuñez Feijóo conquista quarta maioria absoluta na Galiza e Iñigo Urkullu sai reforçado no País Basco.
Ricardo Ramos 14 de Julho de 2020 às 08:18
Alberto Nuñez Feijóo dominador na Galiza
Iñigo Urkullu vai governar o País Basco com os socialistas
Alberto Nuñez Feijóo dominador na Galiza
Iñigo Urkullu vai governar o País Basco com os socialistas
Alberto Nuñez Feijóo dominador na Galiza
Iñigo Urkullu vai governar o País Basco com os socialistas
Em plena pandemia, os eleitores da Galiza e do País Basco apostaram, domingo, na estabilidade e deram a vitória aos partidos que têm dominado o cenário político naquelas duas regiões espanholas nos últimos anos, respetivamente, o Partido Popular (PP) e o Partido Nacionalista Basco (PNV). O grande perdedor da noite eleitoral foi o Podemos, que desapareceu do mapa político na Galiza e perdeu metade dos votos no País Basco.

Não houve grandes surpresas em relação ao que era apontado pelas sondagens. Na Galiza, Alberto Nuñez Feijóo conquistou a sua quarta maioria absoluta consecutiva com 48% dos votos, um novo recorde pessoal em tempos pouco fáceis para o PP. Em segundo lugar ficaram os nacionalistas do BNG, com 23,8%, seguidos pelos socialistas do PSG com 19,3%. O Podemos, que nas últimas eleições tinha sido a segunda força mais votada na Galiza, não conseguiu eleger um único deputado.

No País Basco, onde o voto é tradicionalmente mais fragmentado, Urkullu conquistou o resultado mais folgado para o PNV em 36 anos, com 39,1%, e vai repetir a coligação com os socialistas, que ficaram em terceiro lugar com 13,6%, atrás do segundo partido nacionalista, o EH Bildu, que subiu seis pontos, fixando-se nos 27,8%. O Podemos perdeu quase metade dos lugares e caiu para quarta força política no País Basco com 8%, seguido pelo PP com 6,7%. Já o Vox entra pela primeira vez no Parlamento basco com um deputado (1,96%).
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)