Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Prazo para terminar negociações pós-Brexit adiado

Londres e Bruxelas decidiram adiar data-limite para entendimento.
Maria Vaz 14 de Dezembro de 2020 às 08:33
Boris Johnson e Ursula von der Leyen acordaram este domingo em continuar com as negociações entre Londres e Bruxelas
Boris Johnson e Ursula von der Leyen acordaram este domingo em continuar com as negociações entre Londres e Bruxelas FOTO: EPA
O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, e a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, acordaram em continuar com as negociações referentes à saída do Reino Unido da União Europeia para além deste domingo, prazo anteriormente estabelecido como limite para se chegar a um acordo.

Ursula von der Leyen avançou que, após um telefonema com Boris Johnson, que considera ter sido "construtivo e útil", ficou definido que o mais correto a fazer seria "ir mais longe" nas negociações. Os dirigentes não adiantaram porém se tinha havido ou não progressos nos tópicos das pescas, questões de concorrência e rFesolução de litígios, os três principais dossiês que têm impedido as duas partes de fechar um acordo dentro do prazo estabelecido.

No entanto, pouco tempo depois do anúncio da continuidade das conversações entre Londres e Bruxelas, Boris Johnson advertiu que um fracasso nas negociações do acordo pós-Brexit continua a ser o cenário "mais provável". "Tenho de insistir que o desfecho mais provável nesta altura é que tenhamos de nos preparar nos termos da Organização Mundial do Comércio. Tanto quanto vejo, há algumas questões muito importantes e muito difíceis que atualmente separam o Reino Unido da União Europeia", frisou o primeiro-ministro.

Com o impasse nas negociações, os efeitos começam a ser visíveis. No Reino Unido, o governo alertou os supermercados para a possibilidade da acumularem stock de alimentos e outros bens essenciais temendo que não haja acordo nas próximas semanas. Já em França, o cenário no acesso ao porto e ao túnel do Canal da Mancha, passagem da fronteira entre França e o Reino Unido, é de longas filas com tempos de espera inéditos de entre cinco e seis horas, com o tráfego de camiões a passar de 6 mil para 9 mil por dia nas últimas semanas.

PORMENORES
Saída da União Europeia
As negociações para um acordo referente à saída do Reino Unido da União Europeia foram iniciadas em março. Apesar de as conversações terem sido prolongadas não podem prosseguir por mais de alguns dias, já que caso haja acordo, este vai ter de ser ratificado antes de entrar em vigor a 1 de janeiro de 2021.

Intervenção nas pescas
O Reino Unido anunciou este fim de semana que tem quatro navios de patrulha da Marinha Real britânica a postos, a partir do primeiro dia de 2021, para proteger as águas pesqueiras do país.
Ver comentários