Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

"Preocupado" e inseguro": Linguagem corporal em vídeo denuncia Donald Trump

Presidente dos Estados Unidos está a lutar contra a Covid-19 e apesar de dizer que está melhor, o seu comportamento diz o contrário.
Correio da Manhã 4 de Outubro de 2020 às 16:40
Donald Trump trabalha a partir do hospital militar Walter Reed
Donald Trump trabalha a partir do hospital militar Walter Reed
Trump
Donald Trump trabalha a partir do hospital militar Walter Reed
Donald Trump trabalha a partir do hospital militar Walter Reed
Trump
Donald Trump trabalha a partir do hospital militar Walter Reed
Donald Trump trabalha a partir do hospital militar Walter Reed
Trump
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, partilhou este sábado, ao final da noite, um vídeo com cerca de 4 minutos onde assume estar "muito melhor" e diz esperar regressar em breve. 

A linguagem corporal do chefe de Estado diz, porém, o contrário. De acordo com Judi James, um especialista em linguagem corporal, Donald Trump está "preocupado" e "inseguro" daquilo que diz no vídeo que partilhou no Twitter. 

Apesar de querer parecer controlado, Trump está visivelmente mais fraco e as expressões que usam denunciam-no. :"Há vários momentos em que a hipérbole característica de Trump sugere que ele está no modo super-herói. Ele insiste 'Eu tenho que voltar para tornar a América ótima novamente'", explica Judi James. 

A palidez com que surge o presidente e a cabeça ligeiramente tombada em direção à mesa sugerem que Trump está cansado e luta para que isso não seja visível. 

"Há uma sugestão de preocupação mascarada, ou menos segura, proveniente da redação de algumas das suas declarações e linguagem corporal. Ele diz que 'pensa' que vai ter um bom resultado e diz 'Eu acho que voltarei em breve' e a palavra 'provavelmente'. Tudo isso mostra uma falta de confiança incomum", descreve o especialista. 

Donald Trump confirmou na passada sexta-feira que tinha testado positivo juntamente com a mulher Melania. Desde então, o presidente dos Estados foi internado em Walter Reed e as declarações sobre o seu quadro clínico apresentam algumas contradições. Os médicos alegam que tem estado "muito", mas não adiantam pormenores. Já uma fonte familiar avança que as próximas horas vão ser críticas. 


Ver comentários