Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Presidente da Catalunha, Quim Torra considerado inabilitado pelo Supremo Tribunal

Acórdão, aprovado por unanimidade, obriga Torra a abandonar o cargo durante um ano e meio.
Lusa 28 de Setembro de 2020 às 12:44
Quim Torra
Quim Torra FOTO: Reuters
O Supremo Tribunal espanhol confirmou esta segunda-feira a inabilitação por um ano e meio do presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, por desobediência à junta eleitoral central.

O acórdão, aprovado por unanimidade, obriga Torra a abandonar o cargo, durante um ano e meio, alegando que o presidente do governo regional desobedeceu de forma "contumaz e obstinada" à junta eleitoral central, que garante a vigilância dos atos eleitorais em Espanha.

Quim Torra, que tinha admitido o ato de desobediência, durante o julgamento, poderá, contudo, continuar a exercer o cargo até que o Tribunal Superior da Catalunha - o órgão que o julgou em primeira instância - execute a sentença, adiando assim, por agora, uma nova crise institucional na região.

Supremo Tribunal Catalunha Quim Torra política partidos e movimentos espanha inabilitação
Ver comentários