Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Presidente do Brasil admite voltar ao partido que abandonou no ano passado

Após romper com o PSL, Bolsonaro anunciou a criação do partido Aliança pelo Brasil, mas reconheceu que este é um processo complicado.
Lusa 14 de Agosto de 2020 às 09:13
Jair Bolsonaro, Presidente do Brasil
Jair Bolsonaro, Presidente do Brasil FOTO: Ueslei Marcelino
O Presidente do Brasil admitiu, na quinta-feira, voltar ao Partido Social Liberal (PSL), pelo qual foi eleito nas presidenciais de 2018, e que abandonou no ano passado após divergências.

Após ter rompido com o PSL, Bolsonaro anunciou a criação do partido Aliança pelo Brasil, mas reconheceu que este é um processo complicado.

"É difícil formar um partido. Não é impossível. [Mas] não posso investir 100% no Aliança [pelo Brasil]. Eu tenho olhado outros partidos. Já conversei com três partidos, e um foi o [PTB, Partido Trabalhista Brasileiro, de] Roberto Jefferson. Tem a quarta hipótese, do PSL, que sinalizou uma reconciliação na mesa", declarou Jair Bolsonaro, na habitual transmissão em direto na rede social Facebook.

Brasil Jair Bolsonaro PSL Partido Social Liberal Aliança política partidos e movimentos
Ver comentários