Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Putin ameaça apontar mísseis a Washington

Presidente russo alertou os EUA de que a colocação de mísseis em solo europeu será considerada uma ameaça a Moscovo.
Francisco J. Gonçalves 21 de Fevereiro de 2019 às 01:30
Ameaças de Vladimir Putin colocam o Mundo perante uma nova Guerra Fria
Vladimir Putin
Vladimir Putin
Vladimir Putin
Vladimir Putin
Ameaças de Vladimir Putin colocam o Mundo perante uma nova Guerra Fria
Vladimir Putin
Vladimir Putin
Vladimir Putin
Vladimir Putin
Ameaças de Vladimir Putin colocam o Mundo perante uma nova Guerra Fria
Vladimir Putin
Vladimir Putin
Vladimir Putin
Vladimir Putin
O Presidente russo, Vladimir Putin, ameaçou esta quarta-feira apontar novos mísseis aos EUA e aos seus aliados europeus, caso Washington coloque mísseis de curto e médio alcance na Europa. O alerta foi feito num discurso ante o Parlamento, no qual Putin garantiu, no entanto, que a Rússia "não quer dar o primeiro passo".

Colocar mísseis na Europa seria a gota de água, frisou, pois "agravará de maneira drástica a situação de segurança internacional e criará graves riscos para a Rússia". Alguns dos mísseis que os EUA poderiam colocar na Europa "atingiriam Moscovo em 10 minutos", frisou.

Mas a Rússia está pronta a responder a uma ameaça destas, garantiu o líder russo, referindo o míssil hipersónico Tsirkon, capaz de atingir velocidades em mais de cinco vezes superiores à do som e de voar mais de mil quilómetros.

O discurso bélico de Putin é a resposta à decisão recente do Presidente Donald Trump de sair do Tratado de Forças Nucleares de Médio Alcance (INF).

Assinado em 1987 por Ronald Reagan e Mikhail Gorbachev, foi decisivo para o Fim da Guerra Fria, ao banir a construção e utilização de todos os mísseis de curto e médio alcance.

Putin acusou Trump de usar falsos pretextos para deixar o INF, acusando a Rússia de violar o tratado quando, assegura, foram os EUA quem violou as condições do acordo "ao colocar na Roménia e na Polónia sistemas de lançamento para os mísseis de cruzeiro Tomahawk.
Ver comentários