Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Rússia anuncia detenção de 106 membros de grupo neonazi com ligações à Ucrânia

Grupo neonazi é acusado de atuar sob ordens da Ucrânia, país vizinho e inimigo da Rússia e que desmentiu qualquer envolvimento.
Lusa 13 de Dezembro de 2021 às 15:18
Polícia Russa
Polícia Russa FOTO: Getty Images
O Serviço Federal de Segurança russo (FSB) anunciou esta segunda-feira a detenção de 106 membros de um grupo neonazi, acusado de atuar sob ordens da Ucrânia, país vizinho e inimigo da Rússia e que desmentiu qualquer envolvimento.

O FSB, em conjunto com o Ministério do Interior russo, deteve "106 membros do grupo MKU (...) com o objetivo de impedir a organização de ataques terroristas e massacres", declararam em comunicado os serviços de informações russos.

"Fundado pelo cidadão ucraniano Egor Krasnov, em 2000 (...) o grupo MKU atuava sob a égide dos serviços secretos ucranianos", afirmou o FSB.

Serviço Federal de Segurança Ucrânia Rússia FSB MKU política espionagem
Ver comentários