Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Secretário da Saúde britânico apela aos jovens: “Não matem os vossos avós”

Jovens estão a ser “demasiado complacentes”, alerta Matt Hancock.
Rodrigo Amaral 9 de Setembro de 2020 às 08:44
Governo britânico pediu aos jovens para evitarem comportamento de risco
Governo britânico pediu aos jovens para evitarem comportamento de risco FOTO: Neil Hall/EPA
O secretário da Saúde britânico Matt Hancock alertou esta terça-feira que os jovens estão a ser “demasiado complacentes” com o cumprimento das regras contra o Covid-19 e pediu-lhes para pensarem nos mais velhos.

“Não matem os vossos avós, apanhando o novo coronavírus e espalhando-o”, apelou Hancock numa entrevista a um programa de rádio direcionado a audiências mais jovens.

O governo britânico e os profissionais de saúde redobraram, nos últimos dias, os esforços para alertar a população para o preocupante aumento de casos de Covid-19. Desde segunda-feira que os contágios voltaram a subir acima das 3 mil infeções diárias, valores bem mais altos do que os cerca de mil casos que estavam a ser registados durante o mês de agosto.

O Reino Unido tem ainda a maior taxa de mortalidade da Europa, com um total de 41 554 óbitos desde o início da pandemia. 


pormenores
Turma em quarentena
Dois dias após o regresso às aulas em Espanha, uma turma do ensino primário do Liceu Francês de Madrid foi ontem colocada de quarentena após um dos alunos ter dado positivo no teste de Covid-19.

PM francês testado
O primeiro-ministro francês Jean Castex vai ser testado à Covid-19 por precaução após ter andado no mesmo automóvel que o diretor da Volta à França em bicicleta, Christian Prudhomme, que ontem testou positivo ao novo coronavírus.

Casos sobem 51%
Os Países Baixos registaram na última semana uma subida de 51% no número de novos casos de Covid-19, que subiram de 3597 para 5427. Trata-se do número mais elevado de novas infeções desde abril.

Segunda vacina russa
O Instituto de Virologia da Sibéria anunciou ter completado com êxito a segunda fase de testes clínicos da sua vacina.

‘Solução milagrosa’ intoxica 26 em Espanha
Uma ‘Solução Mineral Milagrosa’ contra a Covid-19 vendida na internet e promovida pelos negacionistas da pandemia já provocou 26 intoxicações em Espanha. O Instituto de Toxicologia espanhol alerta que se trata de um composto nocivo para a saúde que contém 28% de clorito de sódio, que se torna tóxico quando ingerido, inalado ou através do simples contacto com a pele.

Matt Hancock RU Covid-19 Europa Espanha saúde questões sociais
Ver comentários