Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Seis homens ligados ao autor do ataque terrorista em Londres estão em liberdade

Grupo de nove jihadistas planeava fazer explodir a Bolsa de Londres e matar Boris Johnson.
Correio da Manhã 1 de Dezembro de 2019 às 20:28
Rosto do autor do ataque na ponte de Londres
Jack Mirrett, o coordenador de um curso de Cambridge que morreu no ataque da Ponte de Londres
Saskia Jones, a segunda vítima do ataque na Ponte de Londres
Ataque com faca na Ponte de Londres. Um detido e 'vários feridos'
Ataque com faca na Ponte de Londres. Um detido e 'vários feridos'
Ataque com faca na Ponte de Londres. Um detido e 'vários feridos'
Rosto do autor do ataque na ponte de Londres
Jack Mirrett, o coordenador de um curso de Cambridge que morreu no ataque da Ponte de Londres
Saskia Jones, a segunda vítima do ataque na Ponte de Londres
Ataque com faca na Ponte de Londres. Um detido e 'vários feridos'
Ataque com faca na Ponte de Londres. Um detido e 'vários feridos'
Ataque com faca na Ponte de Londres. Um detido e 'vários feridos'
Rosto do autor do ataque na ponte de Londres
Jack Mirrett, o coordenador de um curso de Cambridge que morreu no ataque da Ponte de Londres
Saskia Jones, a segunda vítima do ataque na Ponte de Londres
Ataque com faca na Ponte de Londres. Um detido e 'vários feridos'
Ataque com faca na Ponte de Londres. Um detido e 'vários feridos'
Ataque com faca na Ponte de Londres. Um detido e 'vários feridos'

Seis dos oito terroristas que foram presos, em 2012, juntamente com o autor do ataque terrorista na Ponte de Londres também se encontram em liberdade.

De acordo com o jornal Daily Mail, os nove jihadistas (sendo UsmanKhan, autor do ataque, o novo elemento) eram membros de um grupo inspirado numa célula da Al-Qaeda - organização radical fundada em 1988 por Osama bin Laden - que planeava fazer explodir a Bolsa de Londres e matar o atual primeiro-ministro britânico Boris Johnson, em 2010.

Dos outros dois conspiradores, um ainda se encontra na cadeia, outro foi condenado por mais um crime de terrorismo. Khan foi abatido pelas autoridades na sexta-feira. Restam assim os seis terroristas em liberdade.

Segundo avança o Daily Mail, os outros dois jihadistas continuam presos. Um foi condenado por outro crime associado ao terrorismo e o outro ainda cumpre a pena a que foi condenado em 2010.

Khan, autor do ataque terrorista na Ponte de Londres, saiu da prisão em dezembro de 2018 depois de cumprir metade de sua sentença fixa.

Recorde-se que o ataque terrorista na ponte de Londres vitimou um jovem de 25 anos - Jack Merritt - e uma jovem de 23 - Saskia Jones. Feriu ainda outras três pessoas. Usman Khan, autor do atentado, de 28 anos, já abatido pelas autoridades no local do incidente.

O homem era um terrorista islâmico já condenado. Usman Khan, que tinha sido libertado recentemente e usava pulseira eletrónica, tinha participado, no dia do incidente, numa conferência de ex-prisioneiros organizada pela Universidade de Cambridge.

Ponte de Londres Usman Khan distúrbios guerras e conflitos terrorismo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)