Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Sindicatos anunciam mais quatro dias de greve em abril na Air France

Trabalhadores exigem aumentos salariais.
4 de Abril de 2018 às 19:22
Avião da Air France
Air France vai reduzir 800 postos de trabalho
Pilotos da Air France efetuaram entre 15 e 28 de setembro a mais prolongada greve da história da empresa
Avião da Air France
Air France vai reduzir 800 postos de trabalho
Pilotos da Air France efetuaram entre 15 e 28 de setembro a mais prolongada greve da história da empresa
Avião da Air France
Air France vai reduzir 800 postos de trabalho
Pilotos da Air France efetuaram entre 15 e 28 de setembro a mais prolongada greve da história da empresa
Dez sindicatos da Air France anunciaram esta quarta-feira, após uma reunião com a administração sem resultados, mais quatro dias de greve para exigir aumentos salariais, nos dias 17, 18, 23 e 24 de abril.

Os sindicatos que representam pilotos, hospedeiras e comissários de bordo e pessoal de terra já tinham convocado greves para 22 de fevereiro, 23 e 30 de março e 03 de abril, estando ainda previstas paralisações nos dias 07, 10 e 11 de abril.

Em comunicado citado pela AFP, as organizações denunciaram uma "simulação de negociação" e manifestaram determinação para "prosseguir o combate" por aumentos salariais de 6% para todos.

Os dias 18, 23 e 24 de abril coincidem com greves já programadas na empresa pública de comboios, SNCF, que contesta o programa de reformas previsto pelo governo para o setor.

No comunicado, os sindicatos referem que foram recebidos pela administração da companhia aérea, mas "não para iniciar negociações".

Segundo o texto, ao não fazer "qualquer proposta realista, a administração persiste num confrontação que leva à continuação da greve", sabendo que "essa teimosia já fez a Air France perder 100 milhões de euros".

A administração, que não quis reagir de imediato, tinha indicado que o custo do primeiro dia de greve, em fevereiro, rondaria "26 milhões de euros".
AFP Air France SNCF economia negócios e finanças minérios e metais
Ver comentários