Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Sismo de 7.0 mata pelo menos 14 pessoas na Turquia e na Grécia

Terramoto com epicentro no Mar Egeu atingiu a região turca de Esmirna e a ilha grega de Samos.
Ricardo Ramos 31 de Outubro de 2020 às 09:52
Equipas de socorro procuram sobreviventes num edifício derrubado pelo sismo na cidade turca de Esmirna
Vídeos mostram destruição
Equipas de socorro procuram sobreviventes num edifício derrubado pelo sismo na cidade turca de Esmirna
Vídeos mostram destruição
Equipas de socorro procuram sobreviventes num edifício derrubado pelo sismo na cidade turca de Esmirna
Vídeos mostram destruição
Um violento sismo de 7.0 graus na escala de Richter atingiu esta sexta-feira partes da Turquia e da Grécia, causando um mini-tusnami que alagou as regiões costeiras, derrubando edifícios e causando o pânico entre a população. Um balanço provisório aponta para pelo menos 14 mortos e mais de duas centenas de feridos.

O epicentro do sismo foi situado no Mar Egeu, entre a província turca de Esmirna e a ilha grega de Samos, a cerca de 10 quilómetros de profundidade. Milhares de pessoas saíram para a rua em pânico, e algumas relataram que nunca tinham sentido um abalo tão forte.

Cerca de duas dezenas de edifícios ruíram na cidade de Esmirna e as equipas de socorro estavam a realizar buscas para tentar localizar vítimas sepultadas sob os escombros. Pelo menos 70 pessoas foram resgatadas com vida.

Um balanço provisório das autoridades turcas dava esta sexta-feira conta de 12 mortos e mais de 200 feridos. Na ilha grega de Samos, há a lamentar a morte de dois adolescentes, atingidos por um muro que ruiu na localidade de Vathy. Outras oito pessoas ficaram feridas, tendo as autoridades confirmado ainda o colapso de vários edifícios antigos em várias partes da ilha.

A Turquia e a Grécia ficam situadas sobre uma zona sismicamente muito ativa e os terramotos são relativamente comuns.

Mini-tsunami arrastou esplanadas e carros
O sismo provocou um mini-tsunami que atingiu a região costeira turca, arrastando consigo viaturas e esplanadas de restaurantes. Vários resorts turísticos foram atingidos pela onda, que provocou danos avultados. “Parece ter sido um tsunami pequeno”, afirmou o presidente da câmara de Seferihisar, uma das localidades atingidas. Habitantes locais relataram que a onda avançou cerca de 50 metros em terra, arrastando tudo à sua passagem e deixando um rasto de peixes mortos ao recuar.
Esmirna Grécia Turquia Samos Richter acidentes e desastres sismo
Ver comentários