Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Sobe e desce: Enquanto Portugal dá sinais de melhoria, tendência europeia é de aumento de casos de Covid-19

Vários países europeus têm registado, nos últimos dias, um aumento de casos, o que está a gerar preocupação.
Correio da Manhã 11 de Agosto de 2020 às 20:48
Coronavírus
Coronavírus FOTO: EPA

Grécia, França, Polónia, Alemanha, Bélgica e Espanha têm registado, nos últimos dias, um aumento no número de casos diários de infeção por coronavírus desde que as medidas de confinamento foram aliviadas há dois meses. A tendência crescente está a gerar preocupação e já estão a ser ponderadas novas medidas para travar o contágio. 

Espanha
O "país irmão" tem igualmente registado um aumento do número diário de casos de coronavírus. 1.418 novos casos foram registados nas últimas 24 horas, numa subida de 3.632 casos desde o levantamento das medidas restritivas em junho.

As regiões mais afetadas são a Catalunha e Aragão.

França
Também na passada quarta-feira a França atingiu um recorde no número de novas infeções diárias no espaço de dois meses: 1.695 casos.

As autoridades francesas tornaram obrigatório o uso de máscaras em zonas lotadas e zonas turísticas de Paris (para pessoas a partir dos 11 anos), numa altura em que o número de infeções por covid-19 aumentam na região. As zonas incluem os bancos do Rio Sena e mais de 100 ruas da capital francesa, incluindo zonas turísticas como Montmartre.

Alemanha
Na semana passada, a Alemanha reportou mais de 1.000 casos em três dias seguidos. Os números refletiram uma tendência que não era vista desde maio.

Desde o passado sábado, 8 de agosto, que os viajantes que chegam à Alemanha através de países de alto risco, segundo determinação do governo, são obrigados a fazer um teste de despiste ao coronavírus. A lista das zonas de risco é atualizada todos os dias pela Agência de Controlo de doenças do Instituto Robert Koch.

Grécia
A Grécia registou 126 novos infetados com coronavírus nas últimas 24 horas.

Aqueles que chegam ao país através das fronteiras terrestres, terão agora que apresentar um teste ao coronavírus negativo. De igual modo, quem voa para o país de países europeus considerados de risco terá que apresentar a mesma prova. O teste terá que ter sido feito no máximo até 72 horas antes da viagem. Também os cidadãos gregos são obrigados a cumprir a medida.

O governo anunciou ainda que os bares, restaurantes e cafés de várias regiões terão que encerrar entre as 00 horas e as 7 horas.

Também eventos, como por exemplo concertos, que impliquem que as pessoas fiquem de pé, estão a ser suspensos em todo o país.

Polónia
O país vai aplicar medidas mais restritivas para os distritos que têm recentemente registado surtos de coronavírus. Nove distritos foram classificados como "zonas vermelhas", onde as medidas mais severas serão postas em prática; dez foram identificados como "zonas amarelas", com medidas menos restritivas; enquanto que a maioria do país permanece como "zona verde", sem mudanças.

As medidas incluem a reintrodução do uso de máscaras em locais públicos, mesmo no exterior. Também nos casamentos serão alegadamente aplicadas contenções, nomeadamente a proibição de convidados idosos. As restrições, que entraram em vigor no passado sábado, também afetarão eventos culturais e desportivos nessas zonas, principalmente no sul e este do país.

A Polónia registou no passado dia 6 de agosto um novo número recorde de casos diários: 726 novas infeções em 24 horas.

Bélgica
O número de novos casos de covid-19 tem vindo a aumentar há várias semanas, facto que já levou o governo a voltar atrás em algumas medidas.

As autoridades locais de Saint-Gilles, Bruxelas, impuseram o uso obrigatório de máscara em todos os locais públicos. Também a Antuérpia registou um grande aumento do número de casos, impondo aos cidadãos uma recolha obrigatória durante a noite. Estas são as cidades que mais têm registado um aumento do número de testes positivos.

A cidade de Bruxelas estará preparada para tornar o uso de máscara obrigatório em espaços públicos e privados (acessíveis ao público), se o número de casos continuar a subir. A decisão final deverá ser conhecida esta semana.

Portugal recupera rédeas da pandemia
Ao contrário destes países, Portugal parece estar a recuar. Recorde-se que, depois dos elogios feitos por vários países europeus na forma como o País lidou com a pandemia numa fase inicial, Portugal registou um aumento do número de casos de Covid-19 acabando por se tornar o 'patinho feio' da Europa. Atualmente, o País recupera as rédeas da pandemia com uma tendência de decréscimo de novos casos de Covid-19, mesmo sendo o oitavo país europeu que mais testa.

 

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Europa coronavírus Portugal
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)