Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Sudanês de 16 anos morre afogado a tentar chegar ao Reino Unido

Morte do jovem emigrante aconteceu quarta-feira no Canal da Mancha.
Correio da Manhã 19 de Agosto de 2020 às 12:17
Corpo do jovem foi encontrado quarta-feira numa praia perto do porto de Calais
Corpo do jovem foi encontrado quarta-feira numa praia perto do porto de Calais FOTO: Pascal Rossignol/Reuters

Um rapaz sudanês, com apenas 16 anos de idade, morreu afogado no Canal da Mancha quando tentava chegar ao Reino Unido. O corpo foi encontrado quarta-feira pelas autoridades francesas na praia de Sangatte, a sudoeste da cidade de Calais.

O jovem emigrante é a mais recente vítima dos muitos que já morreram a tentarem chegar a terras britânicas. Priti Patel, ministra do Interior do governo de Boris Johnson, considerou a morte do rapaz sudanês como "uma perda trágica e perturbadora".

Recorde-se que Reino Unido e França continuam em negociações, com o objetivo de travar o transporte de emigrantes ilegais por pequenos barcos a partir de território gaulês.

"Este acidente horrível é um alerta sobre a exploração de pessoas vulneráveis por contrabandistas e grupos criminosos", sublinhou Priti Patel, "e estamos determinados em travá-los".

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) já tinha pedido na semana passada a ambos os governos para que o salvamento de vidas fosse a "primeira prioridade".

Um relatório parlamentar divulgado em novembro pelo Comité de Relações Exteriores britânico, de que Priti Patel fez parte, pediu ao governo para aumentar as operações de busca e resgate.

Além disso, assinalou que as políticas governamentais do Reino Unido estavam a "obrigar os emigrantes a procurarem rotas mais perigosas" e a "atirá-los para as mãos de grupos criminosos".

A morte do jovem sudanês segue-se ao ataque de um vigilante a um emigrante, minutos depois de um pequeno barco ter chegado a uma praia de Kingsdown, no sul do Reino Unido.

Um vídeo com imagens da chegada de emigrantes àquela região do Kent foi partilhada no próprio dia em redes sociais ligadas à extrema-direita.

Canal da Mancha Reino Unido Sangatte Calais Priti Patel emigrantes praia
Ver comentários