Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Suspeito do desaparecimento de Maddie tinha 391 fotos e 68 vídeos de pornografia infantil

Christian Brueckner utilizava uma câmara digital para armazenar imagens que mostravam abusos sexuais e violação de crianças.
Correio da Manhã 23 de Agosto de 2020 às 10:17
Christian Brueckner é o novo suspeito do rapto de Maddie
Christian Brueckner é o novo suspeito do rapto de Maddie FOTO: Direitos Reservados
O principal suspeito do desaparecimento de Madeleine McCann, Christian Brueckner, foi encontrado na posse de centenas de fotografias de pornografia infantil, incluido vídeos de meninos e meninas, avança o Daily Mail.

Christian Brueckner utilizava uma câmara digital para armazenar 391 fotos e 68 vídeos, que mostravam abusos sexuais e violação de crianças menores de 14 anos.

Os vídeos foram tirados da internet e armazenados no cartão de memória de câmara. 

Foi com esse aparelho que Brueckner terá fotografado os abusos sexuais à filha de uma ex-namorada, uma menina de cinco anos. Na mesma câmara, há ainda imagens de outra ex-namorada de Brueckner e de fotos de ambos durante relações sexuais.

O abuso contra a criança de cinco anos, filha de uma ex-namorada, ocorreu em 16 de junho de 2013, em Braunschweig, mais ou menos na mesma época em que Brueckner começou a ser suspeito de abuso sexual com menores e, especificamente, suspeito do desaparecimento de Madeleine.

A máquina fotográfica e o seu conteúdo tornaram-se prova contra o suspeito, de 42 anos, durante dois julgamentos em que foi julgado por ter abusado sexualmente da criança.

Christian Brueckner Maddie Madeleine McCann questões sociais crime lei e justiça crime crimes sexuais
Ver comentários