Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Suspeito do rapto de Madeleine McCann absolvido de suspeitas do desaparecimento da 'Maddie alemã'

Defesa de Brueckner afirma que também no caso da menina britânica nunca haverá qualquer acusação.
Correio da Manhã 24 de Fevereiro de 2021 às 19:25
A carregar o vídeo ...
Suspeito do rapto de Madeleine McCann absolvido de suspeitas do desaparecimento da 'Maddie alemã'
Christian Brueckner, o principal suspeito do rapto de Madeleine McCann, foi absolvido das suspeitas que recaíam sobre si a propósito do desaparecimento de outra menina, Inga Gehricke, que ficou conhecida como a 'Maddie alemã'.

De acordo com os procuradores alemães, o suspeito não tem qualquer ligação ao desaparecimento de Inga. 

Esta terça-feira à noite, o advogado de Christian B, Friedrich Fulscher, avançou ao The Sun: "O escritório do procurador público examinou minuciosamente as ligações com o caso Inga e determinou que não há nem uma suspeita inicial contra o meu cliente". A defesa do alemão diz ainda acreditar que, à semelhança do que aconteceu com as suspeitas em relação a Inga, também no caso Maddie, Christian nunca será acusado.

Inga desapareceu numa floresta alemã há seis anos, em maio de 2015, num caso semelhante ao de Madeleine McCann, desaparecida em 2007 na Praia da Luz, Portugal. Apesar de uma recompensa de 25.000 euros por informações que levassem ao seu paradeiro, a menina nunca foi encontrada.

O desaparecimento de Inga
O principal suspeito do desaparecimento Maddie encontrava-se na Alemanha quando Inga, uma menina residente no estado alemão Saxónia, desapareceu a 2015. Segundo o jornal Volksstimme, era sabido que Christian Brueckner molestava crianças já na altura. 

O homem adquiriu uma propriedade em Neuwegersleben, na Saxónia-Anhalt. Também aí, a 90 quilómetros, na localidade de Wilhelmshof, Inga, então com 5 anos, desapareceu a 2 de maio de 2015 sem deixar rasto durante um passeio em família. 

Durante anos, os investigadores procuraram por vestígios da criança, mas sem sucesso.

Em fevereiro de 2016, as propriedades de Christian B. em Neuwegersleben foram até revistadas numa possível ligação com o desaparecimento da menina. A polícia alemã encontrou provas de pornografia infantil, mas a pista acabou por não ser seguida.

O agressor sexual, que cumpre atualmente pena de prisão na Alemanha, morou entre 1995 e 2007 no Algarve, perto da Praia da Luz, local de onde Madeleine McCann viria a desaparecer.
Madeleine McCann Christian Brueckner Maddie Inga Gehricke Inga Praia da Luz Alemanha
Ver comentários