Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

"Temo estar a dormir em cima do corpo de Maddie": Dona de terreno que pertenceu a Brueckner pede que polícia faça buscas

Mulher garante ter um mau pressentimento em relação àquele terreno.
30 de Julho de 2020 às 16:02
Christian Brueckner é o novo suspeito do rapto de Maddie
Christian Brueckner é o novo suspeito do rapto de Maddie FOTO: DR

"Temo estar a dormir em cima do corpo de Maddie". Quem o diz é Sabine Sellig, dona de um terreno, a cerca de 64 quilómetros do local onde a polícia alemã fez escavações nos últimos dois dias, que pertenceu a Brueckner. 

O suspeito de raptar Maddie viveu neste terreno, localizado em Braunschweig, durante o período em que geria um quiosque na cidade. A mulher pede agora que a polícia também ali procure pistas sobre o desaparecimento de Maddie. "Comprei o terreno de Christian Brueckner. Há algo errado na casa", afirma Sabine.  

Juergen Krumstroh, um vizinho, assume: "Acredito que a polícia deverá cá vir brevemente e vai começar a escavar para encontrar pistas tal como fizeram em Hannover". 

O homem afirma que costumava ver o alemão sentado no jardim e, por vezes, aparecia com uma namorada mais nova, alegadamente Nakscije Miftari. Na origem das suspeitas destas testemunhas citadas pelo jornal Daily Mail está o facto de Brueckner não plantar qualquer vegetal na sua horta ou plantas como seria expectável. 

"Sei que estava a construir alguma coisa dentro do barracão porque eu conseguia ouvi-lo a trabalhar", garante. "Era um homem estranho. Eu não era próximo dele mas bebia uma cerveja com ele ocasionalmente", afirma ainda o homem. 

Manfred Richter, um outro vizinho 80 anos, afirmou que Brueckner também tinha uma cave secreta naquele terreno: "Escavou o chão da casa. Cavou um grande buraco. Tinha três metros de profundidade e seis de largura, tirou as pedras e a terra com a mão e atirou-as para a frente do barracão".  

"Colocou tábuas de madeira por cima do buraco. Levou dois meses para o concluir. Começava de manhã e trabalhava até à noite", conclui Richter.

Brueckner terá abandonado o barracão de um dia para o outro, tal como terá feito em Hannover, e nunca mais regressou. 

Christian Brueckner Maddie Sabine Sellig Hannover questões sociais desaparecidos crime lei e justiça crime
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)