Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

“Tocou-me nos genitais”

"Levantou-me a saia e tocou-me nos genitais. Agarrou--me na cabeça e puxou-a em direcção à sua virilha." As palavras são de Sharon Bialek, a mulher que segunda-feira acusou de assédio sexual Herman Cain, candidato republicano à Casa Branca. É a quarta mulher a fazê-lo, mas foi a primeira que aceitou dar a cara e contar os pormenores sórdidos.
9 de Novembro de 2011 às 01:00
Sharon Bialek acusa o candidato republicano Herman Cain de a assediar quando lhe foi pedir emprego
Sharon Bialek acusa o candidato republicano Herman Cain de a assediar quando lhe foi pedir emprego FOTO: Donna Carson/Reuters

O episódio passou-se em 1997, quando Bialek perdeu o emprego na Associação Nacional de Restaurantes, liderada por Cain, e lhe telefonou a pedir ajuda. Encontraram-se em Washington, jantaram juntos e Cain convidou Bialek a conhecer os escritórios da associação na cidade. Foi dentro do carro que tudo aconteceu... "Não queres um trabalho?", terá perguntado Cain após a recusa de Bialek. O candidato nega tudo e diz que a acusadora "não tem qualquer credibilidade".

HERMAN CAIN ASSÉDIO EUA QUEIXA
Ver comentários