Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Tribos da floresta Amazónia em risco de extermínio pela Covid-19

Ativistas culpam governo de espalhar o vírus pelas comunidades.
Correio da Manhã 8 de Março de 2021 às 16:45
Tribos da Amazónia estão em risco de extremínio
Tribos da Amazónia estão em risco de extremínio FOTO: Getty Images

Foi detetado recentemente o vírus responsável pela Covid-19 na floresta tropical da Amazónia, depois de dez crianças terem morrido com a doença. Vários ativistas já se manifestaram e afirmam que lenhadores e mineiros são os responsáveis pela introdução da pandemia no habitat das tribos amazónicas.

"O coronavírus pode exterminar povos inteiros que contactem com invasores portadores da doença", referiu uma das responsáveis da organização de caridade de conservação da tribo Survival International, Sarah Shenker, ao The Sun Online.

A Coordenação das Organizações Indígenas na Amazónia Brasileira diz que a taxa de mortalidade nas tribos é de 58% maior do que a da população em geral e que, a taxa de infeção de doenças é 68% maior.

Até agora, mais de 970 pessoas morrem de Covid-19 e teme-se que este número continue a subir devido à nova variante brasileira, considerada uma grande ameaça aos povos tribais, que possuem um sistema imunitário frágil.

"Muitos dos territórios estão a ser invadidos e roubados para exploração de madeira e minerais, com o incentivo do presidente Bolsonaro, que praticamente declarou guerra aos povos indígenas no Brasil", afirmou Sarah Shenker.

No ano passado, artistas, celebridades, cientistas e intelectuais enviou uma carta aberta a Jair Bolsonaro que criticava as políticas tomadas por causa da pandemia, referindo que as tribos "à beira do genocídio".

Covid-19 Amazónia Jair Bolsonaro questões sociais política ambiente minorias Brasil
Ver comentários