Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Trisal quer registar filho com o nome das duas mães mas lei não permite

Criança será registada com o nome dos pais biológicos, que fazem parte deste trisal.
Correio da Manhã 9 de Maio de 2022 às 21:44
Trisal brasileiro
Trisal brasileiro FOTO: @trisalamoraocubo/Instagram
Um trisal brasileiro quer registar o filho com o nome das duas mães mas está a ser impedido pela lei do Brasil, dado que isso só é permitido através de um pedido judicial de multiparentalidade, que envolve um vínculo afetivo com a criança.

O advogado do trisal, Frederico Glitz, explica que o "direito legislado não prevê estas famílias" e que isto se trata de uma "novidade que a legislação ainda não acompanhou".

Priscila Mira não pode assim dar o seu nome à bebé, que ficará registada com o nome de Marcel Mira e Regiane Gabarra, os pais biológicos.

Priscila e Marcel estiveram casados durante 13 anos mas o trisal decidiu levar a cabo o divórcio para concluir um novo casamento entre Marcel e Regiane, de forma a assegurar os direitos enquanto pais biológicos relacionados com planos de saúde e heranças. 
Ver comentários
}