Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Trump ofereceu perdão a Assange caso ele ilibasse a Rússia na divulgação de emails dos Democratas

Revelação foi feita uma semana antes do início da batalha jurídica do fundador do WikiLeaks para ser extraditado para os EUA.
SÁBADO 19 de Fevereiro de 2020 às 18:22
O presidente dos EUA Donald Trump ofereceu um perdão ao fundador do WikiLeaks caso este afirmasse que a Rússia não esteve envolvida na divulgação de emails do partido Democrata. A revelação feita pela defesa aconteceu no tribunal de Westminster, em Londres, uma semana antes do início da batalha jurídica do fundador do WikiLeaks para ser extraditado para os EUA.

Segundo o representante de Assange, Edward Fitzgerald, o antigo congressista republicano Dana Rohrabacher visitou Assange enquanto este ainda estava retido na embaixada equatoriana, em agosto de 2017, com a proposta.  Um comunicado escrito por Jennifer Robinson, a advogada de Assange, e citado por Fitzgerald refere que "Rohrabacher foi ver Assange para lhe dizer, instruído pelo presidente dos EUA, que estava a oferecer um perdão se Assange dissesse que a Rússia não tinha nada a ver com os leaks do Partido Democrático". 

O processo de extradição para os EUA foi autorizado em junho pelo ministro do Interior, Sajid Javid, um requisito para poder avançar nos tribunais britânicos. Entre as acusações, Washington está a pedir que Assange seja extraditado devido aos milhares de documentos confidenciais veiculados no portal da Internet e os crimes de "conspiração" para se infiltrar nos sistemas de computadores do Governo dos EUA.

Julian Assange, de 47 anos, encontra-se atualmente detido na prisão de Belmarsh, nos arredores de Londres, a cumprir uma pena de 50 semanas de prisão por desrespeitar as condições de liberdade condicional em 2012.

O fundador do WikiLeaks esteve refugiado durante sete anos na embaixada do Equador em Londres para evitar a extradição para a Suécia, onde seria questionado sobre alegações de abusos sexuais sobre duas mulheres.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)