Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Turquia lança ofensiva contra forças curdas na Síria

"Operação Paz da Primavera" terá como objetivo eliminar o "corredor de terror" a sul da fronteira turca.
Correio da Manhã e SÁBADO 9 de Outubro de 2019 às 14:40
Turquia lança ofensiva contra forças curdas na Síria
Turquia lança ofensiva contra forças curdas na Síria
Turquia lança ofensiva contra forças curdas na Síria
Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan
Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan
Turquia lança ofensiva contra forças curdas na Síria
Turquia lança ofensiva contra forças curdas na Síria
Turquia lança ofensiva contra forças curdas na Síria
Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan
Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan
Turquia lança ofensiva contra forças curdas na Síria
Turquia lança ofensiva contra forças curdas na Síria
Turquia lança ofensiva contra forças curdas na Síria
Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan
Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan
O Presidente turco, Recep Tayyip Erdrogan, anunciou esta quarta-feira o início de uma ofensiva militar contra a milícia curda das Unidades de Proteção Popular no norte da Síria. 

De acordo com Erdrogan, a ofensiva - que chamará "Operação Paz da Primavera" terá como objetivo eliminar o "corredor de terror" a sul da fronteira turca.

"A nossa missão é prevenir a criação de um corredor de terror pela fronteira a sul, e trazer paz à região", afirmou o presidente turco no Twitter. "Vamos preservar a integridade territorial da Síria e libertar as comunidades locais de terroristas".



De acordo com uma fonte do Ministério de Defesa turco à Reuters, foram lançados ataques aéreos que serão apoiados por artilharia e canhões. Várias explosões foram ouvidas na cidade síria de Ras al Ain, na fronteira com a cidade turca de Ceylanpinar, indicou um repórter da CNN no local.

O embaixador norte-americano em Ancara foi, entretanto, convocado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros da Turquia esta quarta-feira para ser informado das ofensivas do país em território sírio.

 A timing da operação militar ordenada por Erdogan está relacionado com a decisão dos Estados Unidos em retirarem o seu contingente militar de várias zonas deste país, para abrir espaço de manobra para o plano de Ancara. 

Como justificação, o presidente dos EUA, Donald Trump, indicou que "Turquia, Europa, Síria, Irão, Iraque, Rússia e curdos" teriam agora de "resolver a situação".


Em atualização
Turquia Síria Recep Tayyip Erdrogan Presidente política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)