Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

"Vão para a p*** que os pariu": Bolsonaro ataca jornalistas após notícia de compra de 2,2 milhões de euros em leite condensado pelo governo brasileiro

Presidente brasileiro perdeu a postura, atacando jornalistas com palavrões.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 27 de Janeiro de 2021 às 22:59
Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro FOTO: Reuters

O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, perdeu completamente a compostura na tarde desta quarta-feira durante um almoço com ministros e artistas em Brasília, e usou vários palavrões para atacar a imprensa, o seu alvo preferido. Em resposta a denúncias da imprensa de que o seu governo no ano passado comprou o impressionante número de dois milhões e meio de latas de leite condensado, não se sabe para quê, Bolsonaro explodiu.

"Quando eu vejo a imprensa me acusar que eu comprei dois milhões e meio de latas de leite condensado... Vão para a p*** que os pariu."-Vociferou Bolsonaro, para depois, dirigindo-se aos jornalistas, disparar mais impropérios:"As latas são para enfiar no rabo da imprensa. Essa imprensa de m**** que temos no Brasil."-Gritou o chefe de Estado, para delírio dos seguidores que o acompanhavam no almoço, para o qual foi fechada uma grande churrascaria em Brasília.

Esta semana, a divulgação dos gastos com alimentação para a presidência da República e outros órgãos federais em Brasília chocou os brasileiros e já está a provocar pedidos de partidos de oposição para se criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito, dado o inusitado de alguns dos produtos adquiridos e as suas quantidades, que suscitam suspeitas de desvio de verbas. Só de leite condensado, segundo números do próprio governo, foram compradas dois milhões e meio de latas, sem que tenha sido justificado onde foram utilizadas, além de muitos milhões de pastilhas elásticas, outro produto de difícil explicação num órgão de governo.

A questão das latas de leite condensado chamou particularmente a atenção, porque Jair Bolsonaro é verdadeiramente apaixonado pelo produto, que aconselha a todos os que o seguem. Ficaram famosas imagens de um pequeno-almoço em que Bolsonaro abre um pãozinho ao meio sobre a mesa e, ao invés de manteiga ou algo mais comum, derrama sobre as duas partes uma enorme quantidade de leite condensado, que depois comeu sôfregamente. 
Jair Bolsonaro Brasília economia negócios e finanças política media questões sociais
Ver comentários