Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Várias comunidades espanholas querem seguir Galiza e proibir as pessoas de fumar na rua. Saiba quais

Várias comunidades espanholas querem seguir Galiza e proibir as pessoas de fumar na rua
Correio da Manhã 13 de Agosto de 2020 às 20:56
Fumar durante pandemia do coronavírus
Fumar durante pandemia do coronavírus FOTO: Getty Images

Depois de a Galiza ter proibido as pessoas de fumarem na rua caso não esteja assegurado o distanciamento social de dois metros, medida essa que entrou em vigor esta quinta-feira, são várias as comunidades espanholas que estão a estudar fazer o mesmo: Madrid, Andaluzia, Catalunha, Castela-Mancha, Castela e Leão, Valência, Astúrias, Cantábria, Navarra, Aragão, País Basco e Ilhas Baleares.

As Canárias são a próxima comunidade a proibir, de igual modo, o ato já a partir desta sexta-feira. Fumar na rua ou em espaços públicos, como por exemplo terraços, passa então a ser proibido se não forem salvaguardados dois metros de distância entre pessoas. Também a partir desta sexta-feira vai passar a ser obrigatório o uso de máscara em todo o lado no país.

O presidente galego, Alberto Núñez Feijóo, anunciou a nova restrição, após se reunir com o grupo de especialistas que o aconselham: "Vários membros do comité clínico concordaram que, fumar sem qualquer limitação, seja num terraço, com pessoas próximas, ou em áreas com grande afluência de cidadãos, sem qualquer distância física de segurança, constitui um alto risco de contaminação, de infeção".

O governo regional das Canárias apertou também as restrições para responder ao aumento de casos de covid-19 na região. Além do uso de máscara e da proibição de fumar, passam a estar novamente proibidas as reuniões familiares com mais de 10 pessoas e os espaços noturnos só poderão abrir as zonas ao ar livre para consumo sentado em mesas.

A medida vai ao encontro do documento elaborado em julho pela Comissão de Saúde Pública do Sistema Nacional de Saúde de Espanha, que alertava para o facto de que fumar e vaporizar aumenta o risco de contágio do coronavírus: ao exalar o fumo, o fumador liberta gotículas para quem o acompanha além de que, o fato de manusear a máscara, acarreta um maior risco de contágio.

Para a decisão final, também contribuíram motivos de proteção individual, já que há evidências de que a agressividade da doença em fumadores é muito superior. O chefe do Serviço de Pneumologia do Hospital de Vigo e também membro do comité clínico, diz que fumar "pode multiplicar entre cinco e oito vezes o risco de pneumonia grave".

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Galiza Canárias saúde coronavírus proibição fumar
Ver comentários