Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Viajava para Portugal com cocaína escondida em bacalhau

Mulher detida no aeroporto de São Paulo quando tentava embarcar para Lisboa com cocaína escondida em postas de bacalhau.  
9 de Junho de 2013 às 12:00
Mulher tentava embarcar para Lisboa com cocaína disfarçada em postas de bacalhau
Mulher tentava embarcar para Lisboa com cocaína disfarçada em postas de bacalhau FOTO: Vítor Mota

Uma cidadã holandesa foi presa em flagrante no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, na área metropolitana daquela cidade brasileira, quando tentava embarcar para Lisboa com cocaína disfarçada, imagine-se... em postas de bacalhau. A mulher imaginou que o cheiro forte do fiel amigo e a embalagem com que o revestiu dificultassem a descoberta da droga, mas a estranha estratégia acabou por não dar resultado.

Ao passar pela fiscalização de rotina antes do embarque, os funcionários, experientes, desconfiaram que a quantidade de bacalhau que a holandesa levava na bagagem de mão não era apenas desejo de saborear várias vezes o prato típico português e chamaram a Polícia Federal. A cidadã holandesa atrapalhou-se ao tentar explicar o porquê de ter comprado tanto bacalhau no Brasil quando ia exatamente para Lisboa, e, ao revistarem a bagagem, os agentes encontraram a droga.

Ao todo, havia dentro das postas de bacalhau um quilo e meio de cocaína, acondicionada em sacolas plásticas como se fossem recheio do bacalhau. Segundo confessou a holandesa, de Lisboa seguiria para o seu país, onde entregaria a cocaína a traficantes. Pelo tráfico e pela quantidade, a mulher incorre agora numa pena de até 15 anos de prisão.

Brasil cocaína bacalhau aeroporto prisão Holanda traficantes droga
Ver comentários