Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Violentas explosões provocam pelo menos 70 mortos e mais de 3000 feridos em Beirute

Ministro da Saúde libanês diz que explosão ocorreu num navio que transportava fogo de artifício.
Correio da Manhã 4 de Agosto de 2020 às 16:41
Duas grandes explosões abalaram Beirute, no Líbano, na tarde desta terça-feira e provocaram pelo menos 70 mortos e mais de 3000 feridos, avança o ministro da Saúde libanês. As imagens mostram a dimensão da explosão seguida por uma grande nuvem de fumo. 

Há relatos de que os vidros das janelas de muitos edifícios ficaram partidos, alguns a quilómetros de distância. O ministro da Saúde libanês Hamad Hassan disse já aos meios de comunicação social que a explosão terá ocorrido num navio que carregava fogo de artifício na área portuária de Beirute. Pelo menos 400 já deram entrada num hospital na capital libanesa, mas o número total de feridos está ainda por contabilizar.

Caos e destruição em Beirute: Imagens mostram momento da explosão e destroços na capital do Líbano
Os meios de comunicação social locais avançam que a primeira explosão ocorreu logo após as 18h00, horário local (16h00 em Lisboa) e consequentemente gerou uma segunda em grande escala que terá provocado mais danos. Nas imagens da primeira explosão é possível ver alguns indícios de fogo de artifício. 

O Ministério da Saúde do Líbano já deu ordens para todos os hospitais disponíveis se prepararem para receber os feridos. 

De acordo com Joyce Karam, uma correspondente do The National, as explosões ocorreram perto da residência do ex-primeiro-ministro libanês Hariri que se encontrará bem. 

Joyce Karam afirma que as explosões provocaram graves danos em carros e casas como é perceptível pelos vídeos que começam a surgir nas redes sociais. 

Várias ambulâncias foram mobilizadas para a área. 





Beirute Saad Hariri Líbano The National
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)