Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Vila italiana prestes a reaparecer nas águas de lago após 26 anos submersa

Fabbriche di Careggine foi inundada em 1946 para construir uma barragem hidroelétrica no Lago Vagl.
Correio da Manhã 6 de Junho de 2020 às 08:05
vila medieval Fabbriche di Careggine
vila medieval Fabbriche di Careggine
vila medieval Fabbriche di Careggine
vila medieval Fabbriche di Careggine
vila medieval Fabbriche di Careggine
vila medieval Fabbriche di Careggine

Fabbriche di Careggine, uma vila italiana medieval do século XII localizada na Toscana, na província de Lucca, está atualmente submersa devido à construção de uma barragem, em 1946. A aldeia, que não é vista há 26 anos, pode voltar a ver novamente a luz do dia.

Fabbriche di Careggine foi inundada em 1946 para construir uma barragem hidroelétrica no Lago Vagl e não era avistada desde 1994, o ano em que o lago foi esvaziado pela última vez.

A região transformou-se numa "vila fantasma" entre 1947 e 1953, após a construção da barragem de 92 metros de altura no riacho Edron, originando a formação do lago artificial Vagli.

Ao longo dos anos o lago foi seco em quatro ocasiões: em 1958, 1974, 1983 e 1994, com cerca de 1 milhão de pessoas a visitar a área para observar o fenómeno.

E o próximo esvaziamento pode estar iminente. Lorenza Giorgi, filha do ex-autarca local Somenico Giorgi, apontou para o esvaziamento do lago durante 2021.

Num post publicado na rede social Facebook, Lorenza escreveu que "fontes fiáveis dizem que, no próximo ano, em 2021, o lago de Vagli será esvaziado".

A notícia foi igualmente confirmada pela empresa de energia Enel, proprietária do lago artificial e da barragem. 
Numa entrevista à CNN, a empresa confirmou que está a ser discutido um grupo de trabalho com o município de Vagli di Sotto e a Romei Srl para debater o turismo na região. 

Fabbriche di Careggine Toscana Lucca Vagli Lorenza Giorgi acidentes e desastres barragens lago artificial
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)