Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Visita de irmã de Kim Jong-un à Coreia do Sul custou 180 mil euros

Kim Yo-jong assistiu à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno. Seul assumiu os custos.
Lusa 22 de Fevereiro de 2018 às 06:21
Kim Yo-jong assistiu à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul
Kim Yo-jong assistiu à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul
Kim Yo-jong assistiu à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul
Kim Yo-jong assistiu à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul
Kim Yo-jong assistiu à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul
Kim Yo-jong assistiu à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul
Kim Yo-jong assistiu à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul
Kim Yo-jong assistiu à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul
Kim Yo-jong assistiu à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul
Kim Yo-jong assistiu à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul
Kim Yo-jong assistiu à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul
Kim Yo-jong assistiu à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul
Kim Yo-jong assistiu à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul
Kim Yo-jong assistiu à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul
Kim Yo-jong assistiu à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul

A histórica visita à Coreia do Sul de uma delegação norte-coreana liderada por Kim Yo-jong, a irmã do líder Kim Jong-un, custou a Seul mais de 180 mil euros, revelou hoje fonte governamental.

O governo da Coreia do Sul assumiu o custo total da viagem de três dias da delegação que assistiu à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang. No total foram gastos mais de 40 milhões de won (cerca de 180 mil euros), metade dos quais em alojamento, de acordo com o porta-voz do Ministério da Unificação da Coreia do Sul.

A irmã mais nova do líder norte-coreano assistiu à cerimónia de abertura dos Jogos, que se realizam em PyeongChang. À chegada, Kim Yo-jung foi recebida, no aeroporto internacional de Incheon, por um grupo de funcionários sul-coreanos, incluindo o ministro da Unificação, Cho Myoung-gyon.

Ver comentários