Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

"Viverei ainda por muito tempo": Bolsonaro volta às redes sociais para defender hidroxicloroquina

Presidente do Brasil usou as redes sociais para afirmar que "está muito bem".
Correio da Manhã 8 de Julho de 2020 às 19:43
Bolsonaro está infetado com coronavírus
Bolsonaro está infetado com coronavírus FOTO: Twitter
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, usou esta quarta-feira as redes sociais para defender novamente o uso da hidroxicloroquina. 

Numa publicação feita através do Twitter, Bolsonaro mostra-se de sorriso no rosto e com uma chávena na mão no Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente. 

"Aos que torcem contra a hidroxicloroquina, mas não apresentam alternativas, lamento informar que estou muito bem com seu uso e, com a graça de Deus, viverei ainda por muito tempo", escreveu. 

Nas publicações que se seguiram, Bolsonaro quis exaltar aquilo que considera terem sido boas práticas na luta contra este vírus ao qual já apelidou de "gripezinha". 

"Nenhum país do mundo fez como o Brasil. Preservamos vidas e empregos sem propagar o pânico, que também leva a depressão e mortes. Sempre disse que o combate ao vírus não poderia ter um efeito colateral pior que o próprio vírus", afirmou. 

De referir que Jair Bolsonaro anunciou esta terça-feira ter testado positivo para coronavírus e chegou mesmo a falar aos jornalistas sem máscara, tendo-se afastado um pouco para a retirar. O presidente assume que toma hidrocloroquina para tratar o vírus e sublinha, sempre que possível, os resultados do mesmo. 

No entanto, e apesar de ser um dos fármacos usados para o tratamento do coronavírus em vários países,  a hidrocloroquina pode estar ligada a um aumento das mortes e das doenças cardíacas, segundo um estudo lançado pela revista médica The Lancet

No Brasil há atualmente registo de mais de 66 mil mortos e 1.668.589 casos ativos de coronavírus.  



Brasil Jair Bolsonaro política saúde questões sociais economia negócios e finanças doenças media
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)