Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Voluntário morre durante testes da vacina contra Covid-19

Vítima estava no grupo de controlo e tomou um placebo.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 23 de Outubro de 2020 às 08:33
João Pedro Feitosa
João Pedro Feitosa FOTO: Facebook

Um jovem voluntário dos testes da vacina contra o coronavírus que está a ser desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica Astrazeneca morreu de Covid-19 no passado dia 15 na cidade brasileira do Rio de Janeiro.

João Pedro Feitosa tinha 28 anos, era médico e, segundo a família, não tinha problemas de saúde anteriores.

João Pedro trabalhava em dois hospitais do Rio, um público e outro privado, e adoeceu no final de setembro. Fazia parte do grupo de controlo nos testes, ou seja, não recebeu a vacina de Oxford mas sim um placebo à base de vacina contra a meningite, usada como comparativo.

Por isso, os testes da vacina não foram suspensos, ao contrário do que aconteceu em setembro, quando uma britânica apresentou problemas de saúde, que depois se constatou não terem relação com a vacina.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Covid-19 Rio de Janeiro Universidade de Oxford Astrazeneca João Pedro Feitosa Oxford saúde medicina preventiva
Ver comentários