Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Acácio Pereira

25 de Abril e o SEF

O SEF tem na sua matriz princípios que subjazem aos ideais de abril.

Acácio Pereira 25 de Abril de 2016 às 00:30
Liberdade! Hoje comemora-se o dia em que, há 42 anos, os portugueses uma vez mais tomaram o destino da sua Nação em mãos e conquistaram esse tão precioso direito universal. A revolução de Abril foi um renovar de esperança no futuro e a semente de um Portugal democrático, livre, pluralista e moderno.

Se todos os portugueses sentem como sua esta data, atrevo-me a dizer que os inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras - SEF sentem por ela um carinho muito especial. Afinal, o SEF, tal como o conhecemos hoje, é fruto da Revolução dos Cravos e tem na sua matriz os princípios que subjazem aos ideais de Abril, acrescentando um de capital importância: construir o projeto europeu a que Portugal aderiu. O SEF ajudou a integrar e a proteger os que fizeram de Portugal a sua casa, fossem nacionais ou estrangeiros, sendo um pilar fundamental da liberdade de circulação na União Europeia.

Hoje, mais do que nunca, a conjuntura internacional obriga a um olhar com mais acuidade para o papel do SEF num Portugal e numa Europa em que os direitos humanos fundamentais são parte integrante da sociedade. É fundamental que se garanta a divisa do SEF: "Sub Lege Libertas" – "Liberdade sob a Lei".
Acácio Pereira opinião
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)